Auxílio emergencial: saiba quem tem direito e como pedir a ajuda de R$ 600

0

Já estão prontos o aplicativo e o site em que as pessoas deverão se cadastrar para receber o auxílio emergencial do governo de R$ 600 para informais prejudicados pela crise econômica do coronavírus. As duas plataformas, que se chamarão Auxílio Emergencial, devem estar no ar até esta terça-feira, segundo fontes que acompanham o desenvolvimento das ferramentas.

O que será possível fazer por esse aplicativo e site? É o caminho para as pessoas informarem que têm as condições necessárias para receber o benefício e então solicitá-lo.

Qual o site? É esse aqui: https://auxilio.caixa.gov.br/#/destinacao . O aplicativo estará disponível na Play Store até terça-feira.

Como o benefício será pago? Serão três parcelas de R$ 600 que poderão ser pagas para até duas pessoas da mesma família. Ou seja, uma mesma família poderá receber R$ 1.200 por mês. Para famílias em que a mulher seja a única responsável pelas despesas da casa, o valor será de R$1.200.

Precisará ir até uma agência da Caixa? O depósito será feito por uma conta digital.

Veja quem tem direito ao benefício:

  • Tem mais de 18 anos
  • MEIs (microempreendedor individual), contribuinte individuais, trabalhadores informais
  • Não tem emprego formal
  • Não recebe aposentadoria, seguro-desemprego ou benefício assistencial
  • Se receber Bolsa Família, terá que optar por um dos benefícios
  • Tem renda familiar mensal de até R$ 522,50 por pessoa ou familiar de R$ 3.135

É preciso se cadastrar pra receber? Depende da situação. Quem estava no Cadastro Único até o dia 20 de março receberá a ajuda sem precisar se cadastrar no site da Caixa Econômica Federal.

Quem não estava no Cadastro Único poderá se cadastrar no site auxilio.caixa.gov.br ou pelo App Caixa|Auxílio Emergencial. Depois de fazer o cadastro, a pessoa pode acompanhar se vai receber o auxílio emergencial pelo site ou app.

Quem recebe Bolsa Família poderá receber o Auxílio Emergencial, desde que seja mais vantajoso. Neste período o Bolsa Família ficará suspenso.

Qual o valor total do auxílio? Ele totaliza R$ 98 bilhões e beneficiar cerca de 45 milhões de pessoas e será disponibilizado em três parcelas.

Segundo a Caixa, não é necessário correr nem se aglomerar nas agências e na rede de lotéricas. O escalonamento do pagamento será feito com o auxílio de um aplicativo que poderá ser baixado pelo celular, além do site auxilio.caixa.gov.br e central telefônica exclusiva 111.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda? Você pode mandar suas perguntas para o e-mail falecomaredacao@6minutos.com.br. Quem nos segue no WhatsApp também pode mandar sua dúvida. Se você quiser entrar no grupo, esse é o link: https://6minutos.com.br/whatsapp. 

Fonte: 6Minutos.com.br

Deixe uma resposta