Cantor Amado Batista comemora 44 anos de estrada: “não penso em parar”

0
Cantor Amado Batista comemora 44 anos de estrada: “não penso em parar”

Não é de hoje que a música pontua e abrilhanta os trabalhos de Amado Batista. O cantor com 68 anos de idade, esteve ao vivo nesta quarta (12) nos estúdios do Grupo Meio Norte de Comunicação (GMNC). Dono de uma marca superior a 27 milhões de álbuns vendidos, o cantor passa por Teresina divulgando o seu mais novo CD E DVD “Amado Batista – 44 Anos”

 

“É uma honra estar aqui e agradeço sempre o carinho da MN e trouxe o meu filho que está começando a carreira nova na música. Esse trabalho é o resultado das minhas 17 músicas mais visualizadas no Youtube”, define o goiano em entrevista na Rádio TV Jornal Meio Norte, através da sintonia 90.3 FM e Canal 20.1 em entrevista ao apresentador Arimatéa Carvalho no Programa Banca de Sapateiro.

José Alves Filho

Amado participou da entrevista ao lado do filho, Rick. “O amor não tem idade e não me surpreende da meninada ouvindo minhas músicas”, se diverte.

Sentir a nostalgia, carisma e energia resumem bem a personalidade marcante de Amado Batista. Com uma voz que arrasta multidão e um estilo único, o cantor comemora suas quatro décadas de carreira. Com direção artística de Rick Bonadio, “Amado Batista – 44 Anos” reúne uma série de canções clássicas com o primeiro hit, “Desisto” (1977), intérpretes de canções dos anos 80 como “Seresteiro das Noites”, “Mulher Carinhosa”, “Ex-Amor” e “Folha Seca”, marcaram época.

Além das canções imortalizadas em sua marcante voz, por anos o artistas trás sucessos que conquistaram milhares de fãs piauienses. Da década de 90 estão “Princesa”, “Amar Amar”, “Quem Foi o Ladrão”, “Não Quero Falar com Ela”.  Amado começou a carreira nos anos 70 e, pouco a pouco, ganhou espaço no cenário nacional.

Dono de uma marca superior a 27 milhões de álbuns vendidos, o cantor também está presente nas plataformas de streaming  divididinho duetos com Simone e Simara, as duplas Jorge e Matheus, a cantora Kell Smith e Moacir Franco. “A música mais visualizada da minha carreira no mundo é ‘Folhas Secas’”, definiu Amado.

Assista a entrevista na íntegra: 

O cantor fez questão de frisar quais são suas inspirações mais fortes. “As músicas inspiradas de verdade são aquelas que você vê e te toca”, descreveu. Para este ano, ele aproveita manter o ritmo,divulgando o novo CD e DVD e percorrendo todo o país. “Volto à Teresina no dia 30 de abril para a festa do Trabalhador espero que todos estejam lá”, finaliza.

Fonte: Meio Norte

Deixe uma resposta