CRM-PI vai agilizar entrega de registro para que médicos possam se inscrever no Mais Médicos

0
CRM-PI vai agilizar entrega de registro para que médicos possam se inscrever no Mais Médicos

O Conselho Regional de Medicina do Piauí (CRM-PI) informou que vai agilizar a entrega do número de registro no conselho e da Carteira Profissional de Médico a partir desta segunda-feira (16), para que médicos recém formados possam se inscrever no programa Mais Médicos e atender à população durante a pandemia do coronavírus, declarada pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

De acordo o diretor do CRM-PI, Gerardo Vasconcelos, o conselho pretende organizar um mutirão na sede do conselho, que fica localizado no Bairro Ilhotas, Zona Sul de Teresina, para que os médicos recém formados possam ter a documentação necessária para poder se inscrever no processo seletivo do programa Mais Médicos, que está com 5 mil vagas abertas.

“Esses profissionais vão atuar, inicialmente, na prevenção e na conscientização da população, que é parte fundamental no bloqueio da transmissão desse vírus no Brasil. A gente tem condições climáticas e uma população diferente das pessoas infectadas até agora e não sabemos como esse vírus vai se comportar”, explicou.

Os médicos recém formados que não possuem o número de registro no conselho e da Carteira Profissional de Médico devem levar para a sede do CRM-PI a documentação da faculdade que comprove a colação de grau e a carga horária necessária para a formação no curso de medicina.

A inscrição no programa Mais Médicos deverá ser realizada somente no site do Governo Federal. A remuneração será uma bolsa-auxílio de R$ 12 mil (mesmo valor dos editais anteriores). A expectativa é que os médicos já comecem a atuar nos municípios no início de abril.

Coronavírus no Piauí

Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) investiga casos suspeitos de coronavírus — Foto: SES / Divulgação

A Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi) informou nesta segunda-feira (16) que o número de casos suspeitos de COVID-19, doença causada pelo coronavírus, no estado subiu para 28 e que outros 9 casos foram descartados. Os dados são do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS-Piauí).

Já a Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina comunicou que 24 casos suspeitos estão sendo monitorados em Teresina. Devido ao surto, o Governo do Piauí decretou a suspensão das aulas na rede estadual de ensino pelo prazo de 15 dias.

O decreto também suspende a realização de eventos por parte da administração pública, direta ou indiretamente, em locais fechados com mais de 50 pessoas, e em locais abertos com mais de 100 pessoas.

A Universidade Federal do Piauí (UFPI) e o Instituto Federal do Piauí (IFPI) também decidiram suspender as aulas, mas por um período de 30 dias. Comitês das instituições informaram que as aulas irão retornar apenas no dia 15 de abril.

Coronavírus: infográfico mostra principais formas de transmissão e sintomas da doença — Foto: Infografia/G1

Fonte: G1 

Deixe uma resposta