Em Francisco Macedo, Vereador Apolinário rompe com o prefeito e declara apoio a pré-candidato da oposição; atual gestor fica com minoria na Câmara Municipal

0

No ano que acontece as eleições municipais para a escolha dos novos gestores em todo o País, é comum a movimentação nos bastidores da política em toda a região, na cidade de Francisco Macedo  desde o início da semana foi marcado por muitas movimentações e adesões nos bastidores da política. No decorrer da semana os Irmãos Odair Lopes, que já foi candidato a prefeito de Francisco Macedo, e o vereador Osailton Lopes, ambos do (PT), que em 2016  militaram junto com o atual prefeito da cidade, Nonato Alencar (PSD), anunciaram o rompimento  com o mesmo, e declararam apoio ao atual pré-candidato a prefeito pela oposição,  o ex-vereador  Novim (MDB).

Na Manhã deste sábado mais mais turbulência vem acontecendo na base do prefeito Nonato, o vereador  Apolinário José  da Silva, anunciou o rompimento com o prefeito Nonato Alencar, é a segunda perda política  que o atual grupo da situação perde durante esta semana, o vereador Apolinário foi eleito em 2016 pelo (PR, hoje PL), que faz parte hoje  da base aliada da situação no município de Francisco Macedo, com essas mudanças  no campo político local, a oposição passa a contar com cinco vereadores, que são eles; Osailton Lopes(PT),Paulo Costa dos Santos (PMDB), Gilmar Filho (PSD),Antônio Oseas de Carvalho (MDB) Apolinário  José da Silva(PR), e também  o primeiro suplente; Domingos Reinaldo Diniz.

O vereador Apolinário nos confirmou o rompimento com o prefeito Nonato, ” tomamos essa decisão muito bem pensada, nossas demandas não estavam sendo atendidas, nosso espaço era muito pouco e tinha muita conversa e pouca ação do prefeito, a gestão atual não tem espaços para lideranças novas, os ex-prefeitos tomam muito espaço, comuniquei ao Nonato esta tarde, a gestão vem em um  desgaste grande, mas saio de cabeça erguida sem nenhuma magoa, apenas nosso modo de pensar não estava dando certo com a visão do prefeito” finalizou o vereador Apolinário.

Mediante aos acontecimento, e com  a A chamada janela eleitoral, período em que vereadores podem mudar de partido para concorrer à eleição (majoritária ou proporcional) de outubro  deste ano sem incorrer  infidelidade partidária,   ficou  fixada de 5 de março a 3 de abril deste decorrente ano para mudanças de uma sigla para oura. Com isso, o novo grupo  que se forma na oposição poderão migrar juntos para uma única sigla. Informou  o pré-candidato a prefeito de Francisco Macedo, Adeilson Antão de Carvalho (Novim).

Fonte: Piauí em Foco

Deixe uma resposta