Em Teresina, 35 profissionais da saúde atestam positivo para coronavírus

0

Levantamento feito pela Fundação Municipal de Saúde (FMS) apontou que 35 profissionais de saúde de Teresina atestaram positivo para o novo coronavírus e, por isso, foram afastados das suas atividades. A Prefeitura de Teresina tem feito o monitoramento freqüente dos profissionais para garantir que eles possam receber o tratamento necessário para a doença.

A maioria dos casos foi confirmada no Hospital de Urgências de Teresina (HUT), onde 16 profissionais foram diagnosticados com a Covid-19, sendo cinco médicos, três enfermeiros, cinco técnicos de enfermagem e três fisioterapeutas. Do total, apenas dois estão internados, mas com quadro de saúde estável. Também há profissionais com confirmações para a doença nos Hospitais do Buenos Aires, Satélite, Promorar, Parque Piauí, Dirceu e na Maternidade Wall Ferraz.

Segundo a diretora de Assistência Hospitalar da FMS, Jesus Mousinho, a Prefeitura de Teresina adquiriu 15 mil testes rápidos para serem aplicados em todos os profissionais da rede de saúde municipal. “São pessoas que estão na linha de frente do combate a doença e precisamos ter esse mapeamento para ter um melhor controle da situação. Iniciamos os trabalhos pelos profissionais das três Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), localizadas no Renascença, Promorar e Satélite, e ainda na Maternidade Wall Ferraz”, comentou.

Até agora, 538 testes rápidos foram feitos nesses profissionais. Serão atendidos  em todos os trabalhadores da saúde, incluindo os que atuam na rede de atenção básica.

No Twitter, o prefeito de Teresina, Firmino Filho lamentou o número de infectados nos hospitais municipais e voltou a pedir para a população permanecer em suas residências.

“É com tristeza que informo que a rede municipal de saúde tem 35 profissionais afastados por causa da Covid-19. Gente que está na linha de frente dessa batalha e que merece que a gente reconheça isso, ficando em casa. Por eles e por nós!” escreveu Firmino.

Fonte: Meio Norte

Deixe uma resposta