Firmino Filho evita enfrentar Themístocles Filho na disputa pela presidência da Alepi

0

O prefeito Firmino Filho (PSDB) diz que não irá interferir na eleição para a escolha do próximo presidente da Assembleia Legislativa do Piauí.
O processo eleitoral irá ocorrer em fevereiro de 2019. Ao contrário do que ocorreu em 2015, quando o tucano chegou a se declarar publicamente contra a reeleição do presidente Themístocles Filho (MDB), Firmino diz que agora acompanhará de longe.

“A Lucy tem CPF próprio e vai votar de acordo com sua própria consciência. Da mesma forma o Firmino Paulo. A disputa é dos próprios deputados e não tenho que me meter”, declarou.

Na eleição de 2015, Firmino fez campanha para o candidato do PT, deputado Fábio Novo, que foi derrotado por Themístocles Filho (MDB).
“Naquela época eu me sentia ainda meio deputado e queria votar ainda nas coisas da Assembleia. É uma questão dos deputados. Essa fase da minha vida já passou”, declarou.

Depois da eleição, Themístocles e Firmino trocaram farpas publicamente e são vistos como adversários políticos. Em 2019, Firmino terá na Assembleia a esposa Lucy Soares (PP), eleita deputada estadual e o sobrinho, Firmino Paulo (PP), que conseguiu se reeleger.

Fonte: Cidade Verde

Deixe uma resposta