Médica é assassinada e filha de 6 anos presencia crime em Teresina

0

Uma médica de 33 anos foi assassinada a facadas na noite deste sábado (11) no condomínio Colinas do Poty, no bairro Primavera, zona Norte de Teresina.

O crime ocorreu por volta das 18h30. Segundo informações obtidas, a médica – Caroline Naiane Brito Barbosa – estava em seu apartamento, que fica no segundo andar do prédio, quando o ex-marido chegou sem avisar. Vizinhos informaram que ouviram discussões e batidas de portas. No apartamento estava um amigo da médica e a filha de seis anos de idade.

“A filha foi levada chorando muito. Ela dizia: por favor, eu quero minha mãe”, disse uma das pessoas ouvidas.

O delegado Francisco Costa, o Baretta, coordenador do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), informou que o suspeito é o ex-marido de Caroline Naiane.

“A perícia está no local e a delegacia fará diligências para prender o ex-marido, que é o principal suspeito, em flagrante. A informação que temos é que a médica foi morta na frente da filha”, disse Baretta.

Uma equipe do Samu chegou ao local, tentou reanimar a médica, mas ela já estava morta.

Policiais do Força Tática do 9º Batalhão  e do DHPP foram ao local. O delegado Baretta informou que o crime será investigado pela Delegacia de Feminicídio.

Os pais de Caroline  chegaram há pouco no local e estavam inconsoláveis. A Polícia tem o nome do suspeito e está em diligências para encontrar o ex-marido e a filha, que foi levada após o crime.

Acidente na BR-316

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) confirmou por volta das 22h50 que o veículo do ex-marido da médica Caroline Naiane é o mesmo do acidente na BR-316. A PRF disse que o corpo está carbonizado e somente com exame no IML poderá chegar a identificação do corpo.

Veja nota da PRF

“No dia 11/04/2020 às 19h30 na BR 316 KM 18,1 na cidade de Teresina/PI, Policiais Rodoviários Federais atenderam a um acidente tipo Colisão Fontal seguido de incêndio envolvendo veículo CHEVROLET/CRUZE LT HB conduzido por uma pessoa não identificada que teve óbito no local carbonizada e um veículo de carga VOLVO/FH 460 6X2T conduzido por um homem que teve lesões leves e transportava como passageiro uma pessoa não identificada que teve lesões graves. Informações e vestígios dão conta que o veículo de passeio colidiu frontalmente com o veículo de carga na faixa contrária. Logo após a colisão houve explosões que causaram incêndio nos dois veículos. A identificação da pessoa carbonizada ainda não foi possível devido o alto grau de dano devido o incêndio e só será possível através de exames da Polícia Civil. O veículo de passeio está registrado em nome de um homem supostamente acusado de cometer assassinato na cidade de Teresina/PI na mesma noite. Os policiais ainda estão realizando diligência no sentido de identificar as possíveis causas do acidente. O trânsito no local ainda se encontra sendo realizado por faixas laterias. PRF, Polícia Civil, IML e Bombeiros no local”.

Fonte: Cidade Verde

Deixe uma resposta