Partidos emergentes podem eleger Oliveira Neto e Teresa Britto para Assembleia Legislativa do Piauí

0

Após a realização das primeiras convenções partidárias realizadas nesta sexta-feira (03), já começam a surgir nomes para o legislativo estadual considerados com fortes chances de ocupar uma das cadeiras da Assembleia Legislativa do Piauí. Os partidos emergentes, consideradas pequenas legendas, planejam conquistar três vagas para o legislativo estadual e uma vaga na Câmara dos Deputados.

Há dois nomes de candidatos dos emergentes que se destacam como possíveis donos de vagas do Palácio Petrônio Portela. O filho do prefeito Oliveira Júnior, de Miguel Alves, jovem Oliveira Neto (PPS) e a vereadora Teresa Britto (PV) já são vistos como possíveis eleitos deputados estaduais.

O secretário geral do PPS, jornalista Mário Rogério, considera que o partido tem dois bons candidatos para a Assembleia Legislativa. Ele se refere ao vereador Dr. Lázaro e a Oliveira Neto, que tem apenas 23 anos de idade. Oliveira Neto tem o apoio do pai, que foi eleito prefeito de Miguel Alves em 2016 com 11.333 votos. Oliveira Neto conta ainda com apoio de um dos lideres políticos da Família Ferreira de São Raimundo Nonato: o ex-prefeito Avelar Ferreira. Avelar Ferreira é irmão do deputado Edson Ferreira (PSDB), e na eleição para prefeito em 2016, conquistou do eleitorado saoraimundense 8.782 votos.

Além desses dois apoios políticos, Oliveira Neto tem muitas lideranças no interior do Estado que estão trabalhando para conquistar votos para o candidato do PPS. Estima-se que Oliveira Neto deva conseguir de 25 a 35 mil votos nas eleições de outubro.

A vereadora de Teresina, Teresa Britto (PV), é outro nome que pode conquistar o cargo de deputada estadual em outubro. Na eleição de 2014, Teresa Britto concorreu para deputada. Ela obteve 19.033 votos. Bem articulada em todo o estado piauiense, Teresa Britto pode chegar a conquistar 25 mil votos dos eleitorado do Piauí.

Os grandes partidos no Piauí podem ter surpresas com os candidatos a deputado estadual dos partidos emergentes. Oliveira Neto e Teresa Britto podem ser exemplo.

Fonte: Parlamento Piauí 

Deixe uma resposta