Piauí já registrou 128 casos de H1N1 e 7 mortes; aumento de 1.575% no primeiro trimestre

0
Piauí já registrou 128 casos de H1N1 e 7 mortes; aumento de 1.575% no primeiro trimestre

Os casos confirmados de H1N1 no Piauí tiveram um aumento de 1.575% nos três primeiros meses de 2020, em comparação ao mesmo período de 2019. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi), 128 casos foram registrados e sete pessoas morreram em decorrência da doença no estado.

“Fizemos um levantamento junto ao Laboratório Central de Saúde Pública do Piauí dos exames de swab (cotonete) nasal realizados de janeiro a março deste ano e comparamos com os de 2019. Foram detectados 128 casos positivos para H1N1, sendo que, no mesmo período do ano passado se detectou apenas um caso da doença”, revelou o médico intensivista e integrante do Comitê de Organização Emergencial da Sesapi, Bruno Ribeiro.

Para o médico, o aumento três vezes maior dos casos de H1N1 traz uma alerta importante, principalmente porque o vírus já tem vacina e um tratamento antiviral. Ele destacou que a doença causa quadro respiratório semelhante à Covid-19.

Conforme o Lacen, dos 47 óbitos registrados desde o início da pandemia de coronavírus, oito foram por Covid-19, sete por H1N1, 10 por outros vírus e 22 por outras causas.

O superintendente de Atenção Primária à Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), Herlon Guimarães, reforçou que a melhor forma de prevenção contra a gripe H1N1 é a vacinação, cuja campanha retornou nesta quarta-feira (15) no Piauí.

“É extremamente importante que todo o público alvo procure a unidade de saúde para colocar o cartão vacinal em dia”, disse.

Fonte: G1 PI

Deixe uma resposta