População compra carne podre durante crise econômica na Venezuela

0

A crise econômica na Venezuela tem afetado gravemente a população que tem comprado carne podre para poder sobreviver. A falta constante de energia ainda tem feito os cadáveres dos necrotérios explodirem. As informações são da BBC Brasil.

A venda de carne pobre já virou comum na Venezuela após a crise que se instalou no país devido as medidas econômicas implementadas por Nicolás Maduro. A carne apodrece devido aos vários problemas de infraestrutura do país, entre eles, a falta constante de energia, o que impede que a carne seja conservada. Como muitas pessoas estão passando fome no país, essa situação não impede que essa carne podre seja comprada.

Veja clicando aqui o vídeo e reportagem da BBC Brasil

Para se ter uma ideia, um quilo de carne chega a custar um terço do salário mínimo de um trabalhador venezuelano, que atualmente é de US$ 30, ou seja, no país uma pessoa ganha um salário cerca de R$ 111,54 por mês.

Essa falta constante de energia tem afetado até mesmo os mortos. “Os corpos apodrecem a ponto de chegarem a explodir”, afirmou Wilfredo, funcionário de um necrotério na Venezuela. Muitos venezuelanos estão até enterrando os parentes no quintal de casa, por falta de dinheiro para pagar um enterro digno.

FONTE: GP1

Deixe uma resposta