Saúde registra 3º caso positivo para Covid-19 em Monsenhor Hipólito

0
Saúde registra 3º caso positivo para Covid-19 em Monsenhor Hipólito

A Secretaria de Saúde de Monsenhor Hipólito divulgou o boletim epidemiológico no final da tarde desta quinta-feira (07), às 17h30.

 

De acordo com dados do boletim, foi confirmado positivo para Covid-19, o terceiro caso no município. O paciente é um homem com idade de 58 anos que chegou de viagem e teve contato com outro paciente que já tinha sido confirmado com o coronavírus.

“O paciente não está internado em Picos. Ele apresenta sintomas leves e permanece isolado em casa”, disse a secretária de Saúde de Monsenhor Hipólito, Joyce Bezerra.

A secretária pede que a população não divulgue notícias falsas e aguarde divulgação do boletim oficial.

“Peço a compreensão da população para que aguarde a divulgação dos boletins. Nossa equipe de saúde está agindo da forma correta, fazendo as testagens e monitorando todas as pessoas que são suspeitas. Estamos desempenhando nosso trabalho de acordo com as portarias, tanto do Ministério da Saúde quanto as recomendações da OMS”, solicita.

“Estamos fazendo tudo o que é possível para que essa doença não seja disseminada no seio de nossa cidade”, acrescenta.

Veja na íntegra o vídeo da secretária de Saúde repassando orientações e alertando a respeito das “fake news”, entradas e saídas de viajantes, realização de testes rápidos, cuidados com familiares ente outras recomendadões.

Dados do boletim apontam que em Monsenhor Hipólito existe 03 casos confirmados, 04 suspeitos, 31 descartados e 38 notificados.

A enfermeira da Atenção Básica, Vanessa, prestou esclarecimentos sobre a realização do teste rápido para a Covid-19.

De acordo a profissional, os pacientes que apresentarem sintomas leves como resfriado comum (coriza e tosse) devem permanecer em isolamento domiciliar e manter contato telefônico com profissional da saúde.

Em outro caso, se além desse sintomas de coriza e tosse surgir febre persistente, deve procurar atendimento médico.

Vanessa orienta que além dos sintomas já citados, a pessoa apresentar cansaço e/ou falta de ar, deve se dirigir imediatamente ao atendimento de urgência ou acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), através do telefone 192.

“O atendimento de urgência ao paciente é feito na Unidade Mista de Saúde do município”, orienta

A enfermeira destaca que os contatos destes pacientes estão sendo monitorados e avaliados diariamente e se necessário serão realizados testes rápidos.

Para pessoas que chegam na cidade fica protocolado quarentena obrigatória de 14 dias seja essa pessoa sintomática ou não.

“Caso essa pessoa apresente algum sintoma, após o sétimo dia de início do sintoma, será realizado o teste rápido e o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde”, informou.

“Faço um apelo para que todos fiquem em casa e respeitem a quarentena. Isso é uma questão de responsabilidade social e empatia com nossos conterrâneos”, recomenda a enfermeira.

Veja abaixo nos vídeos 01 e 02 esclarecimentos da enfermeira Vanessa 

Vídeo 02

Fonte: Cidades na Net

Deixe uma resposta